Marcelo Jo e Tatiane - 12/06/2006

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Marcelo Jo e Tatiane - 12/06/2006

Mensagem por Ricardo em Seg 28 Jan 2008, 1:56 pm

Olá pessoal, chegou a minha vez de dar o relato da famigerada entrevista...

Bom, somos de Curitiba e chegamos na Casa Canadá às 9:00 sendo que nossa entrevista era as 10:00. Como não queríamos ficar lá parados e também queríamos dar uma revisada nas coisas, não entramos. Ao lado da Casa Canada, na esquina, tem uma lanchonete. Ficamos lá até umas 9:40. Foi bom, pq com o nervosismo, dava vontade de fazer xixi toda hora, e lá tem um banheirinho
bom! hehehehe

Chegamos na recepção e falamos com a moça. Ela ligou lá e pediu para nós esperar ali mesmo, em baixo. Umas 10:20 ela nos avisou pra subir no quinto andar, sala 502!
Quem nos atendeu foi um senhor que trabalha junto. Não sei o que ele faz, mas só sei que ele fala português! Ainda tava uma moça fazendo a entrevista. A gente ficava escutando do lado de fora mas não entendia nada! Não é que a mulher lá falava bem??? hehehe

Lá pelas 10:30 ele nos chamou pra entrar... Pediu para nós sentarmos e de cara já pediu para colocarmos todos os documentos na mesa. Primeiro pediu nossos passaportes e depois nosso nível de francês. Como eu havia feito um curso em 2001, ele me perguntou pq havia feito francês antes. Expliquei-lhe o motivo. Depois perguntou para minha mulher quantas horas de francês ela tinha feito. Como ela tinha um nível abaixo que o meu, aliás, bem abaixo, ele começou a descabelar pra cima dela! hehehe

Notei que ele fazia algumas perguntas para mim, mas focava muito as perguntas para ela, apesar de nós acharmos que eu teria que responder a maioria das coisas.

Em geral, ele perguntou muito e deu muita ênfase sobre nossos trabalhos aqui. Verificou nossos diplomas e pegou nossas carteiras de trabalhos. Pediu para explicar cada um dos trabalhos anotados na cartira. Tivemos que explicar com bastante detalhe o que fazíamos no dia-a-dia de cada trabalho. Por exemplo, perguntou pra mim sobre meus trabalhos anteriores, o que fazia e sobre o trabalho atual, o que faço. Cheguei a mostrar duas placas de circuito que eu fiz... Ele riu pq nao ia entender nada daquilo, mas acho que gostou!. Pra minha mulher, como ela tem uma empresa de consultoria junior, chegou a pedir para ela oferecer o serviço pra ele! Essa foi f.o.d.a! Isso que ela trabalha na área de gerenciamento de resíduos de hospitais. Lógico que ela não respondeu direito, pois exigia um vocabulário específico da área. Tentamos responder da melhor maneira possível. Eu gaguejei, errei ali uns verbos, mas ele entendia. Já a minha mulher, coitadinha... hehehe Sofreu. Ele fazia questão que ela falasse em francês, ele nem cogitou que ela falasse em inglês, apesar de ela não dominar muito bem o inglês hehehe.

Também verificou com bastante detalhe nossos documentos de prova de "amigado", pois não somos casados. Ele deixou muito bem claro, que podíamos estar namorando há 7 anos e meio mas não morar juntos.. Ali pensei que ele pudesse nos reprovar, ou então, cismar.. Ele ficou uns 5 minutos ou mais só vendo as contas de luz, conta de celular, etc. Eu ia ficar p da vida se nos reprovasse nesse quesito, pois realmente moro junto com ela, há mais de 1 ano!

Também pediu pra nós como pretenderíamos começar a nossa jornada lá. Como íamos começar a trabalhar e de que. Lógico que minha mulher teve que responder primeiro! hehehehe Aí ela falou "baby siter" e disse que tinha que antes de tudo, aprender o francês! Daí eu respondi que tínhamos que trabalhar talvez em outra área diferente da nossa, para aprender o francês e depois fazer algum curso técnico para tentar entrar no mercado.

Nesse meio tempo da minha resposta, ele começou a mexer no laptop dele e começamos a conversar em inglês. Como eu sou da área de eletrônica, isso é imprescidível... Falei que trabalhei com um americano e ele ficou satisfeito, apesar de que nessa hora ele já nem nos ouvia direito, pq perguntava e digitava as coisas. Daí não entendia e pedia pra repetir...

Só depois de tudo isso, já com as orelhas quente de tanto pensar, ele nos disse que fomos aprovado. Nos deixou muito bem claro, que o francês é muito importante e deu uma "juntada" na minha mulher, falando que ela deveria ter um nível de francês melhor, senão ela ia ter que ficar limpando chão lá, e obviamente, ninguém quer ir pra lá pra fazer isso!

Em resumo:


Exigiu francês dos dois. Não tem essa de aplicante principal! Lógico que pesa pra decidir, mas na hora da entrevista, ele perguntava para os dois e não deixava que eu a ajudasse. Tinha até um grampeador do lado dele que ele brincou que poderia usar caso eu não parasse de ajudar. Apesar de que eu tinha ajudado umas 2 vezes só, com algumas palavras apenas. Ele fez questão de que ela respondesse tudo também!
Verificou nossa capacidade profissional
Pra quem é "amigado" como no nosso caso, ele verificou com muita atenção os documentos
Verificou se nós tínhamos conhecimento do mercado lá e perguntou se tínhamos um plano de como começar as coisas por lá
Verificou se eu falava o inglês também
Não pediu provas financeiras (apesar de que ele já deve ter visto antes e não é isso que vai fazer vc ir ou ficar, até pq dá pra vc colocar e tirar o dinheiro e enganar eles. Mas as outras coisas não tem como enganar!)

Ele é gente boa, brincalhão e ri toda hora. Mas no fundo, isso é pra deixar nós a vontade. Porém ele está lá para ver mesmo quem está solicitando o CSQ e se a pessoa realmente não está tentando ludibriar o sistema. Achei a entrevista boa, apesar de ter sido difícil! Não é pra assustar ninguém, mas ele realmente quer ver se somos capazes. A entrevista, eu acredito que é a parte mais fácil, difícil, é lá quando vc chegar no Canadá. Por isso, ele deixou bem claro que sem francês e um plano definido, muitas pessoas vão, gastam todo o seu dinheiro e voltam frustrados e por isso o motivo de ter uma entrevista rígida.

Acho que é isso gente. Estou à disposição pra tirar as dúvidas de quem quiser!

Um grande abraço a todos e boa sorte para todos nós!

Marcelo Jo e Tati

Ricardo
Admin
Admin

Número de Mensagens : 51
Idade : 37
Data de inscrição : 03/01/2008

Ver perfil do usuário http://canadaimmigration.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum