Rodrigo e Rogea - 25/10/2006

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Rodrigo e Rogea - 25/10/2006

Mensagem por Ricardo em Seg 28 Jan 2008, 1:54 pm

Nome: Rodrigo (26 anos) e Rogea (25 anos).
Profissão: Ambos formados em Ciências da computação pela UFRJ.
Onde moramos: Rio.
Experiência de trabalho: Rodrigo (1 ano pós formado), Rogea (2 anos pós formado)
Francês: Ambos com mais de 300 horas.
Inglês: Rodrigo Fluente e Rogea Avançado.
Data e local da entrevista: 11:00 do dia 25/10/2006 no hotel Crowne Plaza em SP (www.crowneplaza.com)

Relato:

Fizemos a loucura de ir e voltar de avião no mesmo dia. Pegamos o vôo de 5:30 e chagamos em SP às 6:30. Pegamos o taxi para ir ao hotel e levou de 30 a 40 minutos e custou 31 reais. Chegamos umas 7:20, com 3:40 de antecedência! Passeamos na avenida paulista, tomamos café, enrolamos mais um pouco e voltamos pro hotel. A entrevista ia ser no 12o andar, mas o recepcionista do hotel disse que tinha mudado para o 15o andar, até fomos no 12o andar mas tinha um cara perto do elevador que disse que o andar era do Corinthians.
No hall do 15o andar tinham 2 cadeiras, sentamos lá e esperamos. Quando foi umas 11 e pouca, saiu um casal da sala e logo depois apareceu o M. Cousineau que nos chamou. Ele foi pedindo os documentos e conversando enquanto fazia anotações. Fez várias comentários engraçados durante a entrevista para descontrair.
Ele pediu para a Rogea explicar em detalhes o tema da tese de mestrado dela e me pediu pra explicar também sobre meu trabalho. Ele perguntou também o que eu queria fazer no Québec, trabalhar com o que e o que eu faria se não encontrasse o emprego que eu queria. Depois me fez algumas perguntas em Inglês. Eu não achei o Francês dele muito fácil de entender, ele não fala muito rápido mas mistura o tempo todo com portuñol. O Inglês ele falou rápido e baixo, mas consegui entender.
No final, ele disse que tínhamos sido aprovados e me pediu para preencher um formulário assinar um texto dizendo quanto dinheiro vou levar para o Québec. Um pouco depois ele nos conscientizou dos problemas que teríamos no Québec e que não seria fácil, disse que sabe que a UFRJ é uma boa faculdade mas no Québec ninguém vai dar valor. Nos sugeriu fortemente fazer certificações internacionais e praticar muito o françês.
Ele também disse que estava num mal dia porquê ele tinha entrevistado antes da gente uma mulher que tinha apenas 7 (sete) horas de francês. Ele também fez vários comentários sobre a cultura latina e falou várias vezes que nós tínhamos preparado respostas para agradá-lo porquê alguém tinha dito que ele iria gostar de tal resposta. Isso nos desagradou bastante, pois fomos sinceros a entrevista inteira e nunca seguimos nenhum "gabarito de respostas".
Aconselho a só dar entrada no processo quando estiver realmente com todas as exigências. Ele não está lá para reprovar mas também não está para aprovar qualquer um, o Québec quer trabalhadores qualificados e tem seus critérios. E para a entrevista, seja você mesmo, diga o que você realmente pensa.

Boa sorte a todos,

Rodrigo e Rogea.

Ricardo
Admin
Admin

Número de Mensagens : 51
Idade : 37
Data de inscrição : 03/01/2008

Ver perfil do usuário http://canadaimmigration.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum